MASTERCLASSE DE SAXOFONE

INSCRIÇÕES ONLINE AQUI 

MASTERCLASS RODRIGO

Momentos para a eternidade!

Mais um belíssimo Concerto apresentado na Igreja Paroquial de Santa Marta de Portuzelo em Viana do Castelo! Na 3ª edição do Concerto de Primavera, que decorreu no passado Sábado dia 11 de Março, foi oferecido á nossa Banda, um dos símbolos da Freguesia, a “Vela Votiva” de Santa Marta, como forma de reconhecimento e também como recordação por tão agradável noite.

Da nossa parte só podemos agradecer a forma carinhosa como sempre nos recebem!

Venha o próximo!

 

 

Mensagem do nosso Maestro Martinho Rodrigues!

Pardilhó, 16 Janeiro 2016

A Banda Club Pardilhoense parabeniza um dos seus mais brilhantes elementos pela fantástica vitória no V Concurso Nacional de Composição 2016 organizado pela Banda Sinfónica Portuguesa. A final de ontem e a consequente vitória do nosso Vasco Alexandre Almeida Valente com a sua obra “Sinfonieta Grotesca”, a todos enche de orgulho e marca a história musical da nossa terra. Um fruto da nossa terra arrebata, num concurso difícil e renhido, uma vitória que deve ser e que vai ser lembrada para sempre. Um dos últimos alunos do nosso querido Maestro e Professor José Lopes entra para o quadro de excelência dos grande feitos musicais dos Pardilhoenses. Acontecimentos deste relevo só mesmo o saudoso Maestro Aurélio Pinho, Maestro durante largos anos da Banda da Força Aérea, organizador de inúmeros estágios de direcção de banda pelo Inatel, variados arranjos e composições e elemento de outras tantas Orquestras (Emissora Nacional por ex.), Maestro José Lopes a quem se deve uma profunda remodelação da Banda e a sobrevivência da mesma no final dos anos 80 e inícios de 90, Oboísta da Banda da Armada e igualmente elemento de outras orquestras e agrupamentos. Não querendo ser injusto para outros tantos músicos Pardilhoenses que conseguiram feitos importantes para a nossa história musical, mas na minha opinião, este sim é um acontecimento de excelência e entra directamente para o quadro da imortalidade. Com a restruturação da Escola de Música em 2009 na qual o Vasco teve uma importância fulcral, foram dados passos importantes para no futuro tenhamos mais surpresas agradáveis deste tipo. Ou como compositores, como instrumentistas ou até mesmo teóricos musicais, vejo nas fileiras da Banda Club Pardilhoense um futuro risonho no que toca ao seus elementos. Alguns já escolheram a música como o seu futuro, e preparem-se meus amigos pois vem aí uma “fornada” das boas. Que estes jovens elementos tenham no Vasco um modelo e um exemplo e que lutem pelos vossos objectivos e sonhos com muita humildade sem nunca desistirem. Já vi grandes talentos perderem-se por desejarem o sucesso fácil e ambicionarem o céu sem terem qualquer humildade para lá chegarem.

Por ultimo, deixo pessoalmente e publicamente a minha mensagem de parabéns pois bem sei o quanto lutaste para conseguir subir esta montanha. Tenho a sorte de acompanhar de perto esta escalada e bem vejo as horas intermináveis que passas a trabalhar. Persistência, espírito de sacrifício, humildade e músico de “M” grande, são estes os adjectivos certos para te definir. Espero que com o teu exemplo outros te sigam as pisadas e eu venha publicamente dar conta disso. Venha o próximo concurso meu amigo e oxalá com o mesmo feeling e desfecho que eu tinha sobre este.

Muitos Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Martinho Rodrigues

Vasco Valente vence Concurso Nacional de Composição!

É com enorme alegria que anunciamos o sucesso do nosso Vasco Valente! A Obra “Sinfonieta Grotesca”, da autoria do nosso Maestro Adjunto, foi a vencedora do V Concurso Nacional de Composição da Banda Sinfónica Portuguesa 2016 que ocorreu no passado dia 15 de Janeiro na Casa da Música do Porto! Ao Vasco Valente endereçamos as maiores felicitações! Hoje é mais um dia feliz para todos nós e para todos os Pardilhoenses! Muitos Parabéns Vasco Valente!

15977360_492627227527704_6269382214258405800_n

Boas Festas!

unnamed

142 Anos ao serviço da Música!

Assinalamos hoje, 4 de Novembro de 2016, o 142º Aniversário!

BCP 1934

A Banda Club Pardilhoense foi constituída por escritura datada de 4 de Novembro de 1874, no lugar do Celeiro, freguesia de Pardilhó, com o nome de “Filarmónica União Pardilhoense” tendo como objectivos o interesse pela Música e a distracção e recreio dos Associados. Foi o seu principal fundador e grande protector o Padre António Joaquim Silva Vigário e Matos, conhecido por Padre Cura, auxiliado pelo Mestre Régio Padre José Lopes Ramos e por António Joaquim da Silva Vigário, seu principal instrutor entre outros.

O seu nascimento é muito curioso visto que tudo começou quando o Padre da Freguesia, o Padre Cura, que dando instrução primária e sendo amante da representação, criava autênticos espectáculos, acompanhados por um grupo de músicos de Estarreja com o fim de tocarem nos intervalos. Assim a festa incluía além do teatro a música. Um dia, o Padre Cura, oferece aos músicos um bom jantar, contando que com isso ficasse a despesa paga. Ao fim, por cortesia, perguntou quanto devia pela actuação, pensando que ficava a despesa pelo jantar. E o que é certo é que ainda lhe cobraram dinheiro. O episódio deixou o padre consternado e sem dormir durante essa noite. Mas ele era homem de ideias e, mais do que isso, de trabalho. Lembrou-se logo, juntamente com os mais amantes da causa, de formar uma Banda de Música em Pardilhó. E assim nasceu a Filarmónica União Pardilhoense.

Manuel Almeida, um dos fundadores, foi quem assumiu a regência da banda, mas pouco tempo depois passou o testemunho a Rodrigo António Fidalgo, ficando como contra-mestre e regente da orquestra. O primeiro local de ensaio foi a residência do Padre Vigário e Matos. Mais tarde ensaiou-se no lugar do Celeiro, e posteriormente na sala de aulas do Padre José Lopes Ramos que tinha muita dedicação pela banda, fazendo os seus contractos, recebia o dinheiro das actuações e distribuía-o pelos músicos e guardava os papéis das partituras, isto numa altura em que era regente Rodrigo António Fidalgo. Mais tarde, os ensaios passaram a fazer-se na casa de Miguel Tavares, também ele um Pardilhoense muito dedicado à Banda. Nesta altura, o Padre Vigário e Matos ia propositadamente ao Porto buscar músicas, que depois eram copiadas por Manuel Joaquim Silva Vigário.

Quando, em 1926, a Filarmónica União se integrou no Club Pardilhoense passou a designar-se por “Banda Club Pardilhoense”, sendo no entanto mais conhecida por Banda Velha de Pardilhó, uma vez que entretanto tinha sido constituída uma outra Banda na freguesia, conhecida por Banda Nova que já não existe.

Ao longo da sua existência foram seus regentes: Manuel Almeida, um dos fundadores, Rodrigo António Fidalgo, José Maria Valente de Almeida, Rodrigo António Fidalgo (novamente), Manuel Pedro Calado, Clemente Ferreira Amador, Firmino Ferreira Amador, Henrique Lopes Ramos, José Lopes, Fernando Ribeiro Lopes, Manuel Andrade, Fernando Ribeiro Lopes (novamente) e o actual Martinho Rodrigues.

Foi José Lopes, falecido em 2003, quem procedeu a uma grande renovação e valorização da banda, tendo para tal construído uma Escola de Música, onde são ministradas aulas gratuitas a crianças e jovens que pretendam integrar a Banda Club Pardilhoense, nesta escola os músicos começam por aprender as mais básicas noções de música e acabam por se especializar em qualquer um dos instrumentos da banda, desde a Flauta à Percussão.

A partir de 2009, a Direcção Artística da Banda ficou a cargo do Maestro Martinho Rodrigues, natural de Pardilhó, que iniciou a sua formação musical na Banda Club Pardilhoense e da qual foi elemento. A Escola de Música, profundamente remodelada em 2009 com a entrada do actual Maestro como seu coordenador, sofre uma imensa transformação adaptando-a aos novos tempos permitindo,  com esta nova dinâmica, que os seus alunos cresçam com bases musicais muito sólidas.

A Escola de Música conta actualmente com cerca de 50 alunos, sendo a sua formação assegurada por elementos da Banda e por Professores credenciados. A Escola funciona neste momento em dois módulos, “Iniciação” e “Avançado”, permitindo assim que a partir dos 5 anos de idade os alunos possam já ter contacto com a música. O Maestro Martinho Rodrigues, dedicando-se com entusiasmo e paixão à “sua” Banda e, dado que, além de Maestro é também companheiro e amigo, conseguiu formar com os jovens elementos da Terra um grupo unido, coeso como uma verdadeira família, motivando-os constantemente, conseguindo assim incutir-lhes a paixão pela Música e também o amor à sua Terra, levando-os a superarem-se e consequentemente a elevar a qualidade e o nível artístico da Banda Club Pardilhoense.

Presentemente a Banda Club Pardilhoense atingiu e vive o seu mais elevado nível artístico das últimas décadas e por tal motivo tem sido convidada a participar em algumas das mais reputadas Romarias do País, nomeadamente as Festas da Nª Senhora D´Agonia em Viana do Castelo, conhecida como a Romaria das Romarias, também as Festas de Santa Marta de Portuzelo em Viana do Castelo, entre tantas outras. Motivados pelo reconhecimento de que a Banda é alvo por todos os locais por onde passa, Estrutura Directiva, Maestro e Músicos trabalharam afincadamente para a gravação do primeiro CD da História da Banda que aconteceu em 2014 tendo sido lançado nesse mesmo ano.

A Banda Club Pardilhoense executa os mais diversos números musicais, desde a Música dita “Clássica”, passando pela religiosa e popular, sendo o seu reportório vasto e bastante apreciado pelo público. Constituída actualmente por cerca de 60 elementos, realizam entre 30 a 40 actuações durante o ano levando a cultura musical de Pardilhó aos mais diversos ponto do nosso país.

Pardilhó, é uma Vila composta de uma população de ideias fixas, mas com grandes qualidades. Saíram da Banda Club Pardilhoense grandes músicos, destacando-se o Major Aurélio da Silva e Pinho, antigo Maestro da Banda da Força Aérea.

Escola de Música BCP

A Escola de Música da Banda Club Pardilhoense retoma a sua actividade esta terça-feira dia 13 de Setembro pelas 17h30 na sua sede. Desejamos aos nossos alunos votos de um ano muito produtivo e convidamos todos os novos alunos interessados a aparecerem e a se inscreverem. Aprender música não é um luxo mas sim uma ajuda no processo de desenvolvimento das crianças. As aulas decorrem ás terças e sextas das 17h30 ás 19h00 e aos sábados das 10h00 ás 13h00. Os interessados poderão contactar via facebook ou pessoalmente na sede nos dias das aulas. Apareçam!

cartaz-escola-bcp2016